De maneira geral, a comunidade tibiana tem extrema resistência em reconhecer alguns fenômenos que podem ser observados em servidores Optional-PvP. A existência de guilds dominantes em servidores Optional-PvP, por exemplo, sempre foi epicentro de enorme polêmica, em virtude da dificuldade de compreensão dos inúmeros mecanismos de imposição de poder em ecossistemas contraditórios que supostamente não permitem o confronto direto entre jogadores.

Se não é fácil debatermos sobre guilds dominantes em servidores Optional-PvP, é quase impossível refletirmos sobre o PvP nesta modalidade de servidor, especialmente com quem sempre jogou em servidores categorizados pela CipSoft como PvP. Tentei fazê-lo quando fui convidado recentemente pelo Tibiaria para participar da gravação de um dos episódios do quadro Papo na Taverna, com transmissão ao vivo pelo canal do fansite na Twitch. Na ocasião, confrontei líderes de guilds dominantes de servidores Optional-PvP e expliquei os motivos pelos quais sou contrário à existência delas. Como esperado, logo fui atacado pelos espectadores que consideram o Tibia um jogo única e absolutamente competitivo.

Quando avancei um pouco mais e abordei o tema do PvP nos servidores Optional-PvP, os ataques cresceram exponencialmente. Isso porque muitos jogadores entendem que o PvP em servidores Optional-PvP pode ocorrer somente por meio do sistema falido de War Mode. No entanto, eu considero esse ponto de vista bastante superficial e vou explicar a razão. A sigla PvP é derivada do termo Player vs. Player e se refere à possibilidade de jogadores se enfrentarem mutuamente em jogos multiplayer. Ninguém disse que esse enfrentamento precisa ser exclusivamente corpo-a-corpo.

Nesse sentido, podemos afirmar que o PvP em servidores Optional-PvP se manifesta de maneira bem particular, podendo causar muito mais danos que o PvP “tradicional” em alguns casos. Basicamente, as práticas de Kill Stealing (o famoso KS) e de Luring (que pode resultar em grande prejuízo a um oponente em caso de morte) podem servir para exemplificarmos parcialmente o PvP nos servidores Optional-PvP. Um Luring efetivo em um servidor Optional-PvP pode fazer com que um oponente perca uma enorme quantidade de pontos de experiência e skills, além de todas as suas blessings.

Em resumo, o PvP em servidores Optional-PvP está longe ser opcional. Não é à toa que muitos jogadores de servidores Open-PvP escolham derrotar alguns oponentes da forma como vemos nos servidores Optional-PvP, através de estratégias de Luring, em vez de partirem imediatamente para o embate corpo-a-corpo, pois a penalidade aplicada ao inimigo pode ser consideravelmente maior. Muitas vezes, morrer em um combate direto, corpo-a-corpo, em um servidor Open-PvP é flagrantemente menos doloroso e prejudicial do que ser vítima de um Luring bem-sucedido em um servidor Optional-PvP.

Normalmente, quem escolhe jogar em um servidor Optional-PvP deseja aproveitar outros conteúdos e possibilidades que o Tibia oferece. Ainda assim, em função das incoerências presentes nesta modalidade, guilds dominantes são formadas e o gameplay pode se tornar demasiadamente estressante para quem deseja apenas se divertir sem passar por cima dos outros. Como a CipSoft deixa claro para todos nós que não pretende interferir no modo como as guilds dominantes atuam nos servidores Optional-PvP, a criação de um sistema de instâncias, ou mesmo o lançamento de servidores que possuam instanciamento de forma nativa, são alternativas que poderiam modificar de forma concreta essa realidade tóxica na qual estamos todos inseridos.


O que você pensa a respeito dos pontos abordados neste artigo?
Compartilhe a sua opinião conosco abaixo na seção de comentários ou escreva em nosso Fórum!



Fonte: casaltibiano.com.br

Deixe um comentário

avatar